FC Porto

“Vou repetir uma frase que já disse”

Não vale tudo para ganhar"

“Vou repetir uma frase que já disse: Não vale tudo para ganhar”

Treinador do FC Porto lançou Clássico com o Sporting.
Sérgio Conceição esteve, esta quarta-feira, em conferência de imprensa para fazer a antevisão ao jogo do FC Porto frente ao Sporting, referente à 2.ª mão das meias-finais da Taça de Portugal.

João Mário e Uribe: “Uribe? A esperança é pouca de que possa jogar amanhã. O João Mário está melhor, o Matheus e o Bruno Costa será difícil contar com eles. Ainda temos algum tempo, mas vai ser difícil.”

Meia-final em ambiente quente: “Preparamos o jogo naquilo que é dentro de campo. Isso é que me importa. O estado de espírito é o normal de quem vai disputar uma meia-final e um Clássico que pode dar acesso a uma final. Vocês conhecem a minha equipa, que corre mais que os adversários e que tem mais ocasiões de golos. Espero que amanhã seja assim.!

Sporting longe do título: “Os rivais a mim não me interessa nada… Um abraço ao Paulo Sérgio que não merece os comentários que foram feitos esta semana sobre o Portimonense, mas faz parte do estado fantástico do futebol português. Houve jogos com equipas teoricamente mais fortes onde criámos tantas ou mais ocasiões. Com o Portimonense, marcámos. Mas agora vamos estar atentos e não fazer tantos para não aparecem esses comentários. Dos jogos dos rivais, não quero saber. Claro que estamos atentos, mas não mais do que isso.”

Como reagiu o plantel ao castigo do Pepe: “Fui alertando… Há cerca de um mês cheirava-me. Já suspeitava… Até pelo timing. No grupo já há alguma aceitação ao castigo do Pepe porque fui alertando há um mês. As pessoas começam a ser muito previsíveis demais.”

FC Porto com vários sistemas: “Temos de ser proativos no momento da perda, mas essas mudanças do jogo não são de agora. Nunca vou explicar tudo aqui, mas quem é apaixonado pelo futebol vê essa riqueza tática naquilo que foi o FC Porto nos últimos anos. Com os jogadores que temos, estamos num bom momento e queremos prolongá-lo.”

Sporting afastou-se do título: “Não estou minimamente preocupado com o estado de espírito do adversário. Estou preocupado em preparar bem o jogo e obviamente que tivemos esta notícia… O Pepe ia jogar e temos que preparar uma solução. Temos centrais que dão garantias, mas o Pepe é um dos capitães da nossa seleção e que foi decisivo na nossa ida ao Mundial. E agora somos privados do nosso capitão do nosso capitão num momento decisivo. O estado de espírito do rival não tem nada a ver com isso e onde o Rúben não tem culpa de ter um plantel na máxima força.”

Impacto do castigo: “O sentimento é o que já referi, mas temos que ter a capacidade de sermos ainda mais fortes.”

Castigo a Pepe: “É o timing que vocês sabem. Depois de tudo o que se passou, é o único de fora. É revoltante, mas isto é o futebol que temos. Vou repetir uma frase que já disse: Não vale tudo para se ganhar.”

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo