FC Porto

Clássico entre FC Porto e Sporting

Conselho de Disciplina deduz acusação contra Pepe e Tabata

Em causa os incidentes que surgiram no final do Clássico entre FC Porto e Sporting.

OConselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol deduziu, nesta quarta-feira, acusação contra Pepe e Tabata, bem como a Luís Gonçalves, dirigente dos dragões, pelos incidentes que surgiram no final do Clássico entre FC Porto e Sporting, a 11 de fevereiro, relativo à 22.ª jornada do campeonato.

Pepe e Tabata foram expulsos no final da partida, quando elementos das duas equipas se envolveram em confrontos. O árbitro João Pinheiro considerou que ambos tiveram uma “conduta violenta”.

O central dos azuis e brancos por ter “pontapeado um diretor da equipa adversária”, no caso Hugo Viana, e o extremo dos leões por ter empurrado Luís Gonçalves. Os dois estiveram suspensos preventivamente durante dois jogos, mas  incorrem agora em suspensão de dois meses a dois anos, castigo que, deduzida agora a acusação, será decidido depois de audiência disciplinar.

O Conselho de Disciplina também deduziu a acusação contra Luís Gonçalves, que foi expulso porque, na óptica de João Pinheiro, “entrou no terreno de jogo para provocar um conflito com o adversário”.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo