Benfica

Jorge Jesus apanhado a dizer que Vieira ‘fo*** o Benfica’

A CMTV continua a divulgar escutas, no âmbito do processo ‘Cartão Vermelho

A CMTV continua a divulgar escutas, no âmbito do processo ‘Cartão Vermelho’. E Jorge Jesus tem estado na ordem do dia, com algumas conversas telefónicas a saírem para o público.

Numa das escutas, Jorge Jesus dizia ter rejeitado um salário milionário de Frederico Varandas, para voltar para o Sporting. Os valores seriam de 10 milhões de euros, mas não detalhou a proposta ou os anos de contrato. Esta oferta do atual presidente do Sporting poderia ter acontecido antes da investida por Rúben Amorim, treinador pelo qual Varandas pagaria os tais 10 milhões de euros ao SC Braga.

Depois dessa revelação, o técnico português foi apanhado numa conversa com o agente Bruno Macedo, a 2 de julho de 2020. Aí, a conversa foi sobre o interesse do Benfica. Vieira teria convidado Jorge Jesus para regressar para a final da Taça de Portugal de 2019/20.

No entanto, o treinador português recusou a proposta e disse mesmo que o Benfica tinha uma equipa “de farrapos’. Contou ainda a Bruno Macedo que a sua relação pessoal com Luís Filipe Vieira o proibia de explicar ao presidente que ele “f**** o Benfica desportivamente”.

Durante a conversa, Jorge Jesus diz que Vieira percebe muito pouco de futebol, mas que tinha a mania que percebia. Antes, numa outra escuta, Jesus gabava-se de ter ensinado algumas coisas a Varandas, na sua passagem pelo Sporting. Já sobre Vieira, parecia convencido que este não sabia nem queria aprender.

Confessou, ainda assim, que por ser amigo dele não lhe dizia isso pessoalmente. Ainda na mesma conversa, Jorge Jesus ficou a saber do interesse do Benfica pelo argentino Maurício Pochettino, atualmente no treinador. Jesus desvalorizou o treinador, dizendo que o atual técnico do PSG não tinha títulos.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo