Sporting

Rúben Amorim

Rúben Amorim pede um comportamento diferente aos seus jogadores comparativamente ao que sucedeu no final do Clássico, no Dragão, para o campeonato.

Sporting e FC Porto defrontam-se, nesta quarta-feira, pelas 20h45, no Estádio de Alvalade, num duelo relativo à primeira mão da meia-final da Taça de Portugal.

Nesta terça-feira, Rúben Amorim fez a antevisão à partida. Confira abaixo as declarações do técnico verde e branco:

Primeiro jogo ser em casa: Não é vantagem nenhuma, até porque depois temos de jogar em casa deles. É um jogo entre duas grandes equipas e obviamente que jogando em casa temos o apoio do nosso público, mas como são duas grandes equipas eles podem vencer em Alvalade, como nós no Dragão. Temos de corrigir o que não fizemos tão bem nos últimos jogos contra eles e manter o que tem sido bem feito.

Tabata está disponível e apto a jogar? O Tabata está disponível e acredito que não vai sair castigo nenhum até ao final do mês [jogador encontra-se suspenso pelo CD devido aos acontecimentos no final do Clássico contra o FC Porto].

Sporting mais pressionado para este encontro? Nós vivemos essa situação já com a Taça da Liga e com aquilo que Benfica e Sporting tinham passado nas jornadas anteriores. Nós vimos que neste fim de semana FC Porto e Sporting perderam pontos e o Benfica ganhou, na jornada anterior tinha sido o contrário. Este tipo de coisas sucedem com naturalidade. O que suceder nesta eliminatória não vai ter impacto no resto do campeonato.

Espera um jogo mais tranquilo? Não tive conversa nenhuma com os jogadores, mas o que se passou no Dragão não pode voltar a acontecer. Temos de dar um comportamento melhor e não é preciso ter conversa alguma com nenhum jogador. Eles são homenzinhos.

Peso do golo fora. Sporting abordará o jogo de maneira diferente? Talvez isso na segunda mão seja um fator que tenha influência, mas acredito que neste encontro, e também na cabeça dos jogadores, esse não vai ser um aspeto preponderante.

FC Porto com menos tempo de recuperação do que o Sporting: Na Taça da Liga também tivemos menos um dia de descanso e isso não fez tanta diferença. Estas equipas estão habituadas a isto e é o preço que se paga por estar em todas as competições.

Situação de Pote e Feddal: Pote não entra nas opções para este encontre e não sabemos quando é que vai voltar. O Feddal está em dúvida.

Plantel aborda o tema da guerra: Eu sou a última pessoa a entrar no balneário e não tenho bem noção se esse tema é abordado. Esta não é a plataforma certa para falar sobre este assunto, manifesto também a minha falta de conhecimento e ignorância para me manifestar relativamente a esses temas. Não tenho conversa alguma sobre esse tema, nem vejo que esse tema mexa com os jogadores, agora isto não é bom para ninguém.

João Virgínia vai continuar a ser aposta na Taça de Portugal: Vamos escolher o melhor guarda-redes para vencer o FC Porto.

FC Porto mais fragilizado após a saída da Luis Díaz: O FC Porto continua muito forte e continua a ganhar jogos mesmo sem Luis Díaz. E portanto não esperamos um FC Porto fragilizado, até porque está na Liga Europa, na Taça de Portugal e na liderança do campeonato. Vão estar duas equipas na máxima força na Taça de Portugal.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo