FC Porto

Pinto da Costa manda ‘boca’ a Villas Boas

À margem da conferência conjunta a assinalar a parceria do FC Porto com a Betano, Pinto da Costa respondeu

À margem da conferência conjunta a assinalar a parceria do FC Porto com a Betano, Pinto da Costa respondeu a questões sobre o mercado e também sobre uma declaração do dia de ontem de André Villas Boas, que afirmou ser “muito dificil resistir ao poderio financeiro dos clubes ingleses”. Pinto da Costa aproveitou a deixa e mandou-lhe um “recado”, lembrando 2011 quando o Chelsea bateu a cláusula de rescisão para o contratar, a apenas 8 dias do início da pré-época.

 

“Acho que ninguém melhor do que o Villas-Boas para fazer essa afirmação. Foi o dinheiro do futebol inglês que o tirou da sua cadeira de sonho a oito dias do início da época. Estava na cadeira de sonho, tinha sido tudo preparado por ele e abandonou o FC Porto para ir para Inglaterra. É óbvio que eles têm um poder económico, sobretudo por causa dos impostos. Aqui um ordenado líquido de um milhão de euros custa 2,2 milhões de euros aos clubes, noutros países custa 1,5 milhões de euros. Isso é uma inferioridade grande. A prova de que não é possível deixar de resistir foi esta última aquisição que o Liverpool fez do Darwin. De qualquer forma, repito, se vierem com um euro abaixo da cláusula de rescisão do Vitinha, ele não sai”.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo