Notícias

Pinto da Costa Goza Com Rui Costa

ao ataque: "Em Lisboa ainda não se habituaram a lidar"

Presidente do FC Porto criticou as notícias alegadamente falsas que davam conta do pedido de demissão de Sérgio Conceição e apontou responsáveis.

Pinto da Costa aproveitou o editorial da Revista Dragões deste mês de agosto, publicada nesta sexta-feira, para atirar novas farpas aos rivais, mas não só. O presidente do FC Porto recorreu aos troféus conquistados pela equipa de futebol sénior na última época para criticar o tratamento mediático dado aos clubes, que considera ser incorreto.

“Foram três vitórias indiscutíveis. Não devia ser necessário recordar este facto, mas a forma como o FC Porto é tratado pela comunicação social tem muitas vezes como consequência que algumas pessoas se esqueçam do que é óbvio: graças ao mérito do nosso treinador, dos nossos jogadores e de todos os que com eles trabalham, o nosso clube tem sido superior aos rivais e encontra-se na posição invejável de campeão em título das provas mais relevantes”, pode ler-se no texto assinado por Pinto da Costa.

O presidente do FC Porto apontou o dedo a quem escreveu as “pseudonotícias descaradamente falsas” sobre o suposto pedido de demissão de Sérgio Conceição, já desmentidas pelo próprio treinador. Além do conteúdo, Pinto da Costa referiu-se a quem entende ser o principal autor deste conteúdo.

“Apesar de o sucesso do FC Porto e das lutas do nosso clube contra as mentiras e as injustiças não serem algo recente, parece-me que em Lisboa ainda não se habituaram a lidar com isso. E quando me refiro a Lisboa não está em causa a cidade propriamente dita, onde sou sempre bem recebido e onde existem cada vez mais pessoas que vibram com o FC Porto. O que está em causa é a capital enquanto símbolo de um país que sempre foi muito centralizado e que o é cada vez mais, onde a proximidade aos poderes excessivamente concentrados é um fator decisivo seja para o que for, ao ponto de até no estrangeiro já se reconhecer que isso explica uma grande parte dos problemas de Portugal. O FC Porto, para ganhar, tem de lutar contra isso. É o que temos feito, e não nos podemos queixar dos resultados. Vamos continuar a fazê-lo. Somos e queremos continuar a ser uma espinha cravada na garganta da capital”, disse ainda.

De recordar que foi noticiado pela imprensa nacional um suposto pedido de Sérgio Conceição a Pinto da Costa para que pudesse deixar o Dragão neste verão. Contudo, tudo acabou por ser desmentido, inclusive pelo próprio treinador.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo