Sporting

NUNO SARAIVA Fez revelações graves sobre Frederico Varandas

NUNO SARAIVA TRAZ MENSAGEM DE VARANDAS E EXPLICA TINTIN POR TINTIN A VISÃO DA DIREÇÃO SOBRE MATHEUS NUNES

Antigo diretor de comunicação do Sporting explicou razões da saída do jogador. Ataca Adán, que “fez talvez a pior exibição enquanto guarda-redes do Sporting”, Rúben e Matheus

Nuno Saraiva esteve ao ataque no pós-jogo entre Sporting e Porto. No rescaldo do Clássico, o ex-diretor de comunicação dos leões fez a defesa de Varandas,  apontou o dedo a Amorim, falou em traição de Matheus Nunes e considerou que Adán fez, talvez, a pior exibição de leão ao peito.

“É uma noite dura. A vitória do Porto não oferece qualquer contestação. O Sporting faz uma primeira parte sofrível. Na segunda parte, até ao lance do penalti, o Sporting estava bem no jogo. Até essa altura, o melhor jogador do Porto era Diogo Costa. A partir do momento em que o Porro é expulso, as coisas ficaram bastante complicadas. Hoje houve alguns jogadores em sub-rendimento”.

“Adán fez a pior exibição enquanto guarda-redes do Sporting”

 

“Adán fez talvez a pior exibição enquanto guarda-redes do Sporting. Isto acontece a qualquer um. O que fez a diferença hoje foram as intervenções dos dois guarda-redes”

Saída de Matheus Nunes? “Não creio que aquilo que aconteceu durante a semana tenha sido a causa para esta derrota”.

“Um jogador como Matheus Nunes faz muita falta. A equipa esteve praticamente todo o jogo a aprender como se joga sem Matheus Nunes. Não creio que aquilo que aconteceu durante a semana tenha sido a causa para esta derrota. O Sporting perdeu, de facto, um jogador muito importante na manobra ofensiva, e não só”.

Saída de Matheus Nunes? “Não creio que aquilo que aconteceu durante a semana tenha sido a causa para esta derrota”.

 

“Um jogador como Matheus Nunes faz muita falta. A equipa esteve praticamente todo o jogo a aprender como se joga sem Matheus Nunes. Não creio que aquilo que aconteceu durante a semana tenha sido a causa para esta derrota. O Sporting perdeu, de facto, um jogador muito importante na manobra ofensiva, e não só”.

“Rúben Amorim sabia que Matheus Nunes era o ativo mais vendável do Sporting”

 

“O orçamento de vendas e compras foi definido em maio passado, em articulação com a SAD (Presidente), Diretor Desportivo (Hugo Viana) e o treinador. Rúben Amorim sabia, desde o início, que o Matheus Nunes era o ativo mais vendável do Sporting. Toda a gente sabia. Timing? É até o mercado fechar”.

“Em maio, o Wolverhampton fez uma proposta ao Sporting de 20 milhões por Palhinha e de 45 por Matheus Nunes. A administração da SAD, em conjunto com Amorim e Viana, aceitou esta proposta. O que é que fez abortar este negócio? O Fulham intrometeu-se e ofereceu mais dinheiro ao Palhinha. O Matheus Nunes ouviu os elogios de Guardiola e não quis ir sozinho para o Wolverhampton”.

“Tenho ouvido muita gente dizer que o Matheus Nunes devia ter sido vendido depois do jogo com o Porto. Isso significaria que o Sporting ficaria com menos tempo para ir ao mercado”.

Traição? Só se for de Matheus Nunes

 

“O Matheus Nunes recusou o Everton porque estava à espera que aparecesse um clube de maior nomeada. Não apareceu e o Matheus Nunes quis sair. A traição não é do Presidente do Sporting”.

Amorim na linha de fogo: “Não compete ao treinador dar a explicação financeira para a venda de um jogador”

 

“Não compete ao treinador dar a explicação financeira para a venda de um jogador, mesmo que isso lhe tenha sido transmitido. Hoje [pós jogo com o Porto] já disse uma coisa completamente diferente. Não ouvi ninguém do Sporting dizer que não se vai ao mercado”.

“Se houve incoerência de alguém, foi do Matheus Nunes, que disse publicamente que queria continuar e menos de uma semana depois quis sair”.

“Varandas nunca deixou de ser o mau da fita”

 

“No Sporting, é tudo sempre muito dramático. A partir da venda de Matheus Nunes, começou toda a gente a colocar tudo em causa. Ainda na semana passada, depois do jogo com o Braga, houve quem pedisse a cabeça de Rúben Amorim”.

“Varandas nunca deixou de ser o mau da fita. Para uma falange Sportinguista, o Presidente nunca deixou de o ser. Escusam de estar a pensar em cisões entre Varandas, Amorim e Viana. Isso não existe”.

“Um Presidente do Sporting, ou de outro clube qualquer, que não aceite uma proposta destas [45+5] por um jogador como o Matheus Nunes tem de ser acusado de gestão danosa. O timing é quando o comprador quiser”.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo