Benfica

Valdemar Duarte esteve na BTV

É um chorrilho de idiotices, de suposições

Valdemar Duarte esteve na BTV a comentar este alegado caso de corrupção que, desde o início da semana, tem sido muito comentado. Em causa, um possível pagamento do Benfica ao ex-árbitro Bruno Paixão, um assunto que tem feito correr muita tinta, mas que está ainda muito longe de concluído.

Apesar disso, nos jornais e televisões, são muitas as notícias e as possíveis consequências apontadas, o que tem desagradado a Valdemar Duarte, até porque não existe ainda nada em concreto. Na opinião do comentador benfiquista, tudo isto está a descredibilizar e a prejudicar o clube.

“O que vemos nos jornais é deve, se, pode, uma alegada testemunha, desconfia, bla, bla, bla. Factual não há nada”, atirou o comentador, que acredita que esta é mais uma situação de devassa ao Benfica e que nos últimos anos tanto tem prejudicado, nomeadamente nos resultados desportivos.

“Vai fazer cinco anos que o Benfica foi atacado, um ataque terrorista, e o Benfica não se consegue recompor desse ataque, na altura perpetrado pela dupla ‘dragarta’. E o Benfica não se liberta”, lamentou Valdemar Duarte, acreditando que o Benfica precisa de afastar todos estes escândalos e seguir em frente.

‘É um chorrilho de idiotices, de suposições”, atirou novamente o jornalista, lamentando as falhas claras na Deontologia da comunicação social portuguesa. “À partida isto é um crime de fraude fiscal, de branqueamento, em que o Benfica não está envolvido”, disse o jornalista, explicando ainda que “metem os pagamentos a um fulano e depois esses pagamentos desse fulano a Bruno Paixão, parece que, se, pode, o Benfica tirou benefícios”, lamentou o comentador sobre suposições que não dão em nada e levanta ainda algumas questões.

“Mas quem é que o Bruno Paixão influencia na arbitragem?”, questionou o jornalista, argumentando que nada disto faz sentido e que a imprensa continua a sujar o nome do Benfica, o que o deixa revoltado.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo